Friday, October 06, 2006

O mundo do sonho... ou o mundo real

Uma troca de olhares… uma carícia… um sorriso por entre uns olhos perdidos e uma vontade enorme de te beijar… sentei-me a beira do mar, todo o meu corpo tremia pela intensidade que há poucas horas atrás me tinhas transmitido… breves latejares de emoção consumiam toda a minha alma… caminhei diante uma ondulação um pouco montesa e como do nada fui devorado pelo mar… por este amigo…que há muito me acompanha…
Sinto o teu cheiro ao sair do mar… intenso… junto a mim… imagens sucessivas do teu sorriso quando a minha mão um pouco receosa da tua reacção se delicia na tua face, e esta imagem se repete num mais puro e livre pensamento… batidas intensas provocadas por tal impulso faz com que me deite sobre chão e deparo com o céu um pouco argênteo… lindo que é ver uma estrela com tanto brilho neste céu já a tender para que a lua nos faça uma visita e eu me possa encontrar contigo no mundo da fantasia…onde aí te beijo intensamente, te abrace e acarinhe… sonha comigo minha gota de prata… sonha que voas… sonha que deambules… mas mesmo no mundo dos sonhos, sonha que te encontras nos meus braços sobre um quente e longo beijo e no momento que acordares sintas ainda o sabor que em ti deixei…

Lua faz a gota de prata sonhar,
Lua faz um sonho sereno e calmo ela ter
E leva para a gota, um eterno beijar
Deste humilde e humano ser…

7 Comments:

Blogger BlueShell said...

Fiquei aqui...a ler...a pensar...a tentar entender a minha angústia!

beijo, BShell

12:38 PM  
Anonymous Mel said...

Bruno ... o que prometo, cumpro...
O teu poema, meu amigo ...
Usando as tuas palavras ...


"Ergo aos céus os sons em Jazz Blue ...
Mãos... unidas em sentida prece...
No coração reacendida, recordação
Tecida, sentida, na troca de olhares…
Sim ... que tenho p’ra mim que foi Magia
o que nos aconteceu pois que o milagre
da Vida, ali subitamente, ... sem se avisar
surgiu num cruzar de olhares
e o Amor nasceu!

Naquele momento ... todo o teu céu,
Todo o teu mar ... era meu ...
E eu ... bem ... que dizer?
Para sempre teu ...

Na boca o desejo, a vontade contida
De no eternamente, semente pressentida ...
Na boca o desejo de amando ... beijar ...
***
Sentei-me a beira do mar,
sentei-me... bem dentro do teu olhar,
sentia nas ondas a intensa verdade
a já secreta e anunciada saudade...

Intensa a Paixão, que me havia varrido...
Num olhar de uma só gota me havia perdido.
E, sem sentido, de ti subtraído, encontro no Mar,
em espelhos de Luz, a outra metade ...
o teu meigo rosto, a tua face e,
Tal menino atrevido te mordisco o ouvido...
Sussurro o teu nome “Gota de Prata ...
Este amor me mata ...” .

Tu ... bem tu ... sorris... cerras o olhar e,
de costas no chão, na areia da Praia,
Enovelas segredos, constróis poemas
(são teu e meus segredos) e, bem ao teu jeito,
na pontinha dos dedos ... tocas os meus.

E eu ... te dispo e te deito ...
Sobre fina areia, te amo e te beijo
na noite do Amor, na Lua cheia ...
Minha menina, mulher e sereia ...

Sinto o teu cheiro ao sair do mar…
É o cheiro do desejo, incenso e jasmim,
É tão intenso… decalcado em mim…

Teço em palavras o afago primeiro,
Longo, sereno ...um segundo ... um terceiro...
E te digo e repito ... Gota de Prata, nesta
noite sem fim ... estarás sempre em mim.

E no espelho do mar, a navegar,
Vejo reflectido o teu sorriso...
E sobre esse mar, me quedo e abraço,
E, de novo, te amo e desejo ...
De um modo intenso ... impreciso...

Puro sentimento, doce tormento...
Já a lua foge, se anuncia o novo dia.
Deslizo contigo, perdido nesta alquimia...
E, por Magia, intensamente,
Nada impedirá que agente,
Se abrace e acarinhe…
Eternamente!

O sonho é agora, a mais louca e pura
Realidade ... durmo ou acordo?
Será saudade? ...
***
Ergo aos céus os sons em Jazz Blue
E as mãos... unidas em prece
“... Lua faz a gota de prata sonhar,
Lua faz um sonho sereno e calmo ela ter
E leva para a gota, um eterno beijar
Deste humilde e humano ser…”

E a Lua levou o pedido e ao Jazz Blue,
Devolveu no retorno,
nas asas do sonho... um suave acordar...
uma gota azul de prata a brilhar
- a cor do seu tão amado Mar! "

Com um abraço em Blue Jazz ...
e mil tons de mar ...

Bjs@ de Mel

8:01 AM  
Anonymous Mel said...

Bom dia Bruno, é madrugada...
Chove, chove tanto ...
não consegui dormir, estou mt doente mesmo ... vim ver se tinhas escrito mais amigo. Não escreveste
decidi deixar-te um presente ...

Sei que aprecias Gedeão ...
António Gedeão
****

Dez réis de esperança

Se não fosse esta certeza
que nem sei de onde me vem,
não comia, nem bebia,
nem falava com ninguém.
Acocorava-me a um canto,
no mais escuro que houvesse,
punha os joelhos á boca
e viesse o que viesse.
Não fossem os olhos grandes
do ingénuo adolescente,
a chuva das penas brancas
a cair impertinente,
aquele incógnito rosto,
pintado em tons de aguarela,
que sonha no frio encosto
da vidraça da janela,
não fosse a imensa piedade
dos homens que não cresceram,
que ouviram, viram, ouviram,
viram, e não perceberam,
essas máscaras selectas,
antologia do espanto,
flores sem caule, flutuando
no pranto do desencanto,
se não fosse a fome e a sede
dessa humanidade exangue,
roía as unhas e os dedos
até os fazer em sangue."


Bjs de Mel

PS.: Aguardo a tua visita amigo, que me faz tanto bem ...

9:11 PM  
Anonymous Sandra Daniela said...

Bruno escreves tão bem! fazes ressaltar os sentimentos á flor da pele! bem hajas! um beijo

2:07 AM  
Blogger Shara said...

Hi jazz, I want to introduce you to http://freearticle.name

2:56 PM  
Anonymous sandra Daniela said...

olá... vim ver o que de novo havia por aqui, apesar de não teres nada de nvo a minha visita não foi em vão... porque ler os teus textos de novo, é semprre bom! um beijinho de bom fim de semana

2:20 AM  
Anonymous Anonymous said...

feel-jazz.blogspot.com is very informative. The article is very professionally written. I enjoy reading feel-jazz.blogspot.com every day.
bad credit loan
faxless payday loans

11:58 AM  

Post a Comment

Subscribe to Post Comments [Atom]

<< Home