Sunday, October 15, 2006

Até já...

São palavras insanas que percorrem todo o meu corpo...o vibrar de um sentido louco pelos teus lábios… esses que agora tocam nos meus, no mais esperado mas incerto momento… um sorriso, um olhar, um tocar de mãos e um calor uníssono provocado por um abraço de prazer pelos momentos anteriormente passados…
O céu escuro perfaz sobressair a lua que atentamente nos observa… sorri… que lindo… o teu sorriso de encantar… gota de prata…
Divago pelo cheiro dos teus cabelos deixados na pele da minha mão, pela paz que me deste num olhar de… até amanhã… e em que eu sussurro baixinho para que só tu e as estrelas me possam ouvir num expirar de saudade… ate já no mundo dos sonhos…

Deito-me sobre a cama e deixo que os meus olhos se fechem… até já gota de prata…não voes para longe deixa que te acarinhe e te mostre a minha alma… deixa que num impulso de te beije loucamente e que provoque um arrepiar em todos os cantos do teu corpo… que sintas que estás a perder o controle e deixes a tua alma sobre a minha descansar ao som da chuva que tanto adoras…
Até já…

A lua que agora sorri
Ao ver o nosso louco olhar
Vai escrever nas estrelas
Tudo o que hoje vi
No nosso ímpeto beijar…

4 Comments:

Blogger sónia said...

....beijinhos.......
......mais dois........
.........até já.............

12:18 PM  
Anonymous Sandra Daniela said...

A lua sorri sim, também pela entrega, pelos sentimentos belos dessas almas! um beijo grande

1:34 PM  
Anonymous Mel said...

Bruno, querido Bruno ...
ao modo simples da Mel, aqui vai um contributo para a tua gota de prata ... teci mais um bocadinho o poema ... espero que gostes ...

***
A lua que agora sorri
Ao ver o nosso louco olhar
Vai escrever nas estrelas
Tudo o que hoje viu
No nosso ímpeto de beijar…

Duas gotas espelhadas,
reencontradas, reajustadas
poisadas, acrobatas sobre
uma tensionada teia de aranha..
alcantiladas em secreta manha,
deslizantes numa dança estranha...

Duas gotas que, num só gota
gota bojuda, redonda, se revelam
ao dia novo ... à boreal luz da manhã ... numa dança louca ...
e na procura de um amanhã novo!

Duas gotas que, numa só gota,
se amam urgentes, se agitam,
se movem, e consomem na boca e
no beijo de serem apenas um a
simple gota ... que seja...
Uma Gota ...serena!

***
"Incontidas gotas, uma contra a outra, são apenas una. Nos olhos na boca, no corpo e no ventre, na boca e no beijo, serena o desejo, no berço do mar, tal Lobo e Sereia… a namorar." (do meu texto)
Bruno ... eu sem saber, escrevi sobre isto ... lê ..

"Gotas da Manhã" ...
http://blog.comunidades.net/noitedemel/index.php?op=arquivo&idtopico=130499 (no mesmo dia)... incrível!!!????

10:01 AM  
Anonymous Mel said...

Desculpa ... estava emocionada, nem deixei um abraço do fundo do coração ... e um beijon de uma gota de prata

Mel

10:03 AM  

Post a Comment

Subscribe to Post Comments [Atom]

<< Home